Olá visitante

 (0)

Login / Registre-se

Prova de Resistência 14 de Maio de 2022

No último dia 14 de maio mais 5 cães do plantel Sadonana foram aprovados na Prova de Resistência (AD): Lupo do Sadonana, Honda do Sadonana, Suomi do Sadonana, Piaff do Sadonana e Tiara do Sadonana. Parabéns a todos os envolvidos no treinamento e condução dos cães, assim como aos organizadores da prova! Prossigamos com essa prova tão importante para a manutenção da capacidade física do Pastor Alemão através das gerações!

Prova de Resistência 19 de Março de 2022

No último dia 19 de março mais 4 cães do plantel Sadonana foram aprovados na Prova de Resistência (AD): Luke do Sadonana, Yumbone´s Gonna, Yna do Sadonana e Aya do Sadonana. Parabéns a todos os envolvidos no treinamento e condução dos cães e aos organizadores da prova! Prossigamos com essa prova tão importante para a manutenção da capacidade física do Pastor Alemão através das gerações!

video  Vídeo sobre a prova

Campeonato Brasileiro de Adestramento da Raça Pastor Alemão 2021

Ocorreu nos dias 11 e 12 de dezembro o Campeonato Brasileiro de Adestramento da raça Pastor Alemão.

Mais uma vez venho tecer os meus comentários que, inevitavelmente, devido aos fatos, trazem holofotes para o nosso trabalho (digo nosso pois não é só meu, mas, da família e de um conjunto de amigos e demais colaboradores que tem dado suporte indispensável durante essas 3 décadas de Canil Sadonana).

Tivemos como Campeão Brasileiro o cão Don Vox Meinerz, um excepcional cão de criação de Alexandre Breviglieri e Dimas Meinerz, treinado e conduzido pelo amigo e Médico Veterinário Giancarlo Boero.

Inicialmente, além dos elogios ao cão, que creio serem desnecessários devido a sua reconhecida e indiscutível qualidade geral, vale também ressaltar a coroação do trabalho do Giancarlo, que há décadas atua com intensa paixão ao adestramento esportivo.

Como Vice-Campeão Brasileiro surge o muito jovem e promissor para o futuro próximo Lupo do Sadonana, apenas 31 meses (ainda muito jovem para a categoria IGP3 e, principalmente, competindo), treinado e conduzido pelo amigo Aguinaldo Diniz. Lupo destaca-se especialmente pelo seu poderio mental, firmeza de nervos e dominância contra o figurante na proteção.

Conquistou o 3° Lugar o cão Bara do Guaritá Anama, treinado e conduzido por Flávio Lazeri.

Antes de falar sobre cães, devo prestar minha homenagem e respeito aos treinadores, todos três devotados há muitos anos a atividade; é muito difícil chegar onde chegaram. Meus sinceros parabéns!!!

Falando sobre cães, um campeonato como esse, mais do que os outros, é, além de tudo, um campeonato da criação, da seleção genética de uma raça. Devemos sempre observar não apenas o resultado técnico, o desempenho do conjunto, dos indivíduos, sejam treinadores ou cães, mas também de como a criação tem sido conduzida, pelos criadores individualmente e, em nosso país.

Pudemos observar com destaque, e acho importantíssimo e justo ressaltar, a participação de diversos cães de 3 canis de criação em especial: Vox Meinerz, Sadonana e, Guaritá Anama. Sim, é necessário ressaltar isso, não é pouca coisa, pelo contrário, é consequência de trabalho proposital, e muita dedicação por parte dos criadores. Eis a glória de um criador: ver cães de sua criação se destacando em campeonatos.

Infelizmente, apesar de anos de insistência de minha parte, ainda vemos no Brasil catálogos de campeonatos constando apenas o primeiro nome dos cães, quando não apelidos e, não muito raramente, nos resultados, confusão entre nomes dos cães, apelidos e, nomes dos condutores, Fica aqui uma advertência: isso não é justo. Isso é uma cultura que temos que mudar.

Continuando a falar sobre a criação, mais uma vez vejo destaques que não podemos nos furtar de comentar. Ambos, o Campeão e Vice-Campeão Brasileiros são netos de Agent v. Wolfsheim (um através de Micha do Sadonana e outro, através de Colt do Sadonana, dois entre os melhores filhos machos deixados pelo Agent no Brasil). Agent foi um “soberbo” reprodutor que por aqui passou há uma década e que até hoje é, não só aqui, mas, em todo o mundo, um dos reprodutores mais influentes; cruzou pouquíssimas cadelas no Brasil e, ainda sim, por uma década é o macho que mais influencia diretamente nossa criação.

Voltando ao que comentei recentemente, no Campeonato Brasileiro de Todas as Raças, da CBKC, repete-se a figura da cadela Guda do Sadonana, que tem um neto Vice-Campeão Brasileiro e, um bisneto Campeão Brasileiro. Guda, mais uma vez, é a matriz mais influente em um campeonato nacional e, fecha o ano de 2021 como a cadela mais importante e influente na criação nacional. Na verdade, desde 2012 consecutivamente é a matriz mais presente e influente nos campeonatos brasileiros. Minha saudade e homenagem a essa grande matriz.

Campeonato Brasileiro de Adestramento de Todas as Raças 2021

Uma tarefa importantíssima, mas que não temos o costume de fazer na criação de trabalho brasileira é, após cada campeonato, analisar os mapas genéticos. Essa análise nos levará a machos e fêmeas influenciadores da criação, nos dirá o que eventualmente foi feito de certo ou de errado e, nos apontará alguns caminhos futuros. A criação de cães de exposição tem esse excelente e indispensável costume, e, devíamos aprender isso com eles. Outra coisa que devemos nos atentar é para a importância das fêmeas na criação, algo contrário também ao nosso costume, que é de valorizar, via de regra, os machos.

Se formos a história do cavalo Mangalarga Marchador, chegaremos por vários caminhos a éguas como a Herdade Alteza; se formos para a criação do Pastor Alemão de Exposição, veremos uma reverência histórica a Palme Wilsteigerland (pedigree). No Pastor Alemão de Trabalho lá na Europa, veremos frequentemente ênfases em cadelas muito frequentes nos pedigrees dos cães dos maiores campeonatos, entre elas, por exemplo, Afra vom Stoppenberger Land (pedigree), Quaste von Ankenrütt (pedigree) e a mais notável de todas, a impressionantemente influente Noditha vom Teufelsgrund (pedigree).

Permito-me fazer uma rápida análise do Campeonato Brasileiro Inter-raças ocorrido no último final de semana (27 e 28/11/2021) em Guararema - SP (digo "permito-me" pois, devido a falta desse hábito em nosso meio, estou como quem faz o ataque, ganha o escanteio, bate o escanteio, corre para cabecear e fazer o gol...): De todo o campeonato (23 participantes de diversas raças), foram cinco filhos do Micha do Sadonana; um filho do Quardes do Sadonana x Linda do Sadonana; um filho da Danka do Sadonana e, um filho de Zorro do Sadonana, ou seja: 8 cães filhos de cães Sadonana. Ao término do campeonato, o Campeão Brasileiro é um filho do grande Zorro do Sadonana, um dos melhores machos já nascidos em território nacional. Outra lista de importantes informações: Micha do Sadonana (pai de 5 participantes no IGP3) é um filho de Zilah do Sadonana, filha por sua vez de Guda do Sadonana. Quardes do Sadonana, pai de outro participante no IGP3, é um filho de Guda do Sadonana. Zorro do Sadonana (pai do Campeão Brasileiro IGP3) era um irmão de ninhada de Zilah do Sadonana, ou seja, também filho de Guda do Sadonana... Mais uma vez Guda do Sadonana a cadela mais importante da criação nacional. Guda tem sido desde 2012 consecutivamente e repetidamente a cadela mais influente nos Campeonatos Brasileiros, e, fora os atuais resultados, teve anteriormente como descendentes diretos diversos cães nos pódios IGP3/SchH3 e competidores nos Campeonatos Mundiais WUSV, tais como o seu filho Thor do Sadonana, ou seus netos Mcqueen, Micha e Euro do Sadonana. Como vemos em outras espécies e, nos cães também em outras raças, assim como no Pastor Alemão, historicamente os mais experientes sempre dizem: a base da criação são as boa fêmeas.

Para finalizar, o Campeão Brasileiro foi o cão Ozzy Hollysland, de criação de Diego Silva, treinado e conduzido por Eduardo Ferreira, é um filho do grande e soberbo cão Zorro do Sadonana, filho da Guda do Sadonana!!! Parabéns ao criador e ao treinador!!!

Só mais um detalhe sobre a Guda: vendi-a filhote e, o comprador me devolveu aos 5 meses, alegando que era "limitada".